A importância de decorar o ambiente vai muito além da beleza, tem a ver com aconchego, funcionalidade e personalidade. É muito importante termos um espaço na casa no qual podemos descansar e nos sentirmos confortáveis.

Para as crianças também é assim. Os pequenos costumam passar uma boa parte do tempo no quarto, seja brincando, estudando, lendo e etc.

Hoje, no mercado, é possível encontrar diversas opções na hora de decorar, com isso resolvemos listar algumas dicas de como decorar o ambiente para as crianças, pensando também nos móveis e cores.

Por onde começar?

Podemos começar pensando no jeito da criança, hábitos, cores que mais gosta, brinquedos, personagens de desenhos ou filmes, entre outros.

Sempre temos que pensar também na segurança das crianças, com isso separamos alguns pontos que não podem passar despercebido, como:

  • Evitar deixar tomadas expostas;

  • Deixar o ambiente com um espaço para circulação;

  • Manter o berço ou a cama longe da janela;

  • Usar protetor na quina dos móveis.

Cores

Depois de cuidar do planejamento chega a hora de pensar nas cores do ambiente, que tem influência de forma direta para a criança.

Isso porque a cor pode ajudar também com a iluminação, o que pode definir o estado de espírito da criança.

Um exemplo muito bom são os quartos de bebês. Neles, geralmente são usados tons claros ou neutros. Essas cores trazem calma e paz, deixando o quarto mais tranquilo.

Neste ponto vale lembrar que cores fortes ou escuras mantêm as crianças agitadas e inquietas, o que poderá trazer problemas para o sono.

Papéis de parede

Ainda com relação a pintura e textura de uma parede, existem muitas opções na hora de escolher um papel de parede infantil, sendo possível escolher tamanhos, estampas ou texturas.

Assim como as cores, é importante escolher o papel de parede de acordo com a personalidade ou gosto da criança. Sejam papéis de tons claros, xadrez, com listras, lisos, com personagens como heróis ou princesas e etc.

Nesse sentido, é possível ainda combinar a pintura das paredes em contraste com uma única com papel de parede. Isso cria uma harmonização do ambiente, mas com um foco de atenção que pode deixar o ambiente mais descontraído.

Móveis

É muito importante escolher móveis que sejam acessíveis para a criança. Assim, desde cedo, ela percebe que consegue ter acesso sem precisar de alguém.

Isso possibilita que, com o passar do tempo, ela consiga se vestir sozinha, organizar os próprios brinquedos, além de usar o ambiente para estudos.

Adotar medidas simples como essa, além de trazer mais segurança para o ambiente, proporciona para a criança um senso de independência e responsabilidades, conforme sua idade for progredindo.

1. Móveis planejados

Os moveis planejados tem uma demanda muito grande no mercado para atender a qualquer necessidade.

Na hora da escolha do móvel é possível que seja feita de acordo com o gosto do cliente, como cores e modelos, por isso são feitos sob medida, no cômodo desejado.

Esse tipo de móvel valoriza muito o ambiente também para as crianças, que buscam um espaço que possibilite a interação e brincadeiras.

Esses móveis são planejados para se ajustar perfeitamente ao cômodo, evitando que haja pequenas perdas de espaço.

Assim é possível adaptar camas, guarda roupas, escrivaninhas, prateleiras, entre outros móveis de forma a otimizar o ambiente.

2. Móveis modulados

Já os moveis modulados para quarto possuem medidas padrão.

Eles são criados seguindo alguns padrões de tamanhos e de um design pré-estabelecidos. Esse tipo de móvel tem peças feitas separadamente e vão se encaixando de acordo com o desejo do cliente.

Uma vantagem que é levada em conta está nos valores, pois são peças feitas a um prazo mais curto com um custo-benefício maior.

Pisos

O piso é um detalhe importante para o quarto da criança, pois ele precisa ser confortável e seguro.

piso laminado é térmico, ou seja ele não é frio possibilitando que as crianças andem descalças pela casa sem preocupação com o chão gelado (doenças).

Ele possui praticidade para limpeza, algo fundamental para quem lida com crianças. Hoje em dia temos pisos laminados com aparência semelhante aos de madeira, com a vantagem de ser mais barato.

Já o piso de madeira é uma opção comum para o quarto infantil, pois esse modelo de piso traz conforto.

colocação de piso de Madeira pode ser feita por meio de tacos e tábuas. Por ser natural, ele garante um conforto térmico e a característica de ser antialérgico.

Outros benefícios que valem destacar é a limpeza simples e o fato de não arranhar fácil.

Decoração de gesso

Para quem gosta de decoração vale apostar no gesso, esse é um detalhe que deixa o acabamento do quarto da criança com um tom mais infantil e delicado.

A primeira opção é a sanca de gesso, pois ela deixa o quarto moderno trazendo um ambiente de paz e elegância.

Para aqueles que procuram apostar em uma boa iluminação também é uma ótima opção. Um detalhe muito bom é que ela pode ser usada como complemento do forro, entre o teto e a parede.

A segunda opção é a moldura de gesso, usada em ambientes pequenos, deve ser aplicada em formato reto e com detalhes que podem ser escolhidos de acordo com o gosto do cliente.

Geralmente ela é aplicada em 90 graus e em um tamanho médio. Caso o ambiente seja grande, é recomendado usar molduras largas para trazer um ambiente mais aconchegante.