Quando pensamos em instalar uma cobertura é preciso entender e analisar em quais materiais o valor será investido e se será significativo. Isso ocorre porque existem diversos tipos de coberturas, cada uma de um modelo ou tamanho específico e voltado a atender uma demanda específica.

Justamente por esse motivo que todas as estruturas e os materiais são modificados de acordo com a necessidade do local e a ideia desejada para o projeto.

Para se ter uma ideia, o modelo de cobertura retrátil é uma das mais usadas no Brasil e estão presentes em edifícios dos mais variados usos. Mais ainda, elas oferecem o benefício de levar iluminação natural e ventilação para todo o ambiente, reduzindo os custos do local.

Já o policarbonato é um material muito versátil e pode ser utilizado de diversas formas. As vantagens desse produto é a impermeabilidade, ser acessível economicamente, resistente e pode ser encontrado em diversos tons de transparência, que depende do uso, do ambiente e do material.

Apesar disso, esses itens não são os únicos que podem atender as demandas de sua obra. Mais ainda, você pode estar procurando por um modelo mais inovador. Para tirar suas dúvidas com relação a quais estruturas usar na sua cobertura continue acompanhando este artigo.

Cobertura Retrátil

Atualmente, os locais que procuram melhorar os seus processos de trabalho ou garantir maior comodidade fazem uso da cobertura retrátil. Esse equipamento é responsável pela proteção em dias de tempestade e aliviam a temperatura em dias quentes.

O equipamento agrega valor ao ser implantado devido a sua funcionalidade, promovendo melhorias para residências e ambientes comerciais.

Por ser tratar de um material diferente e inovador, esse produto é um equipamento que modifica ambientes como corredores, garagens, jardins, áreas externas e diversos outros espaços, trazendo a ideia de não perder a luz natural e evitando o acesso de chuva.

Modo de instalação

Antes de mais nada é importante escolher qual produto deseja instalar, pensando na transparência da cobertura de policarbonato retrátil e no tipo de instalação, se será fixa ou deslizante.

Nesse contexto, podem ser adotadas os seguintes procedimentos:

  1. As chapas de policarbonato precisam ser parafusadas diretamente na estrutura, de preferência na parte superior, evitando acúmulo de água nas perfurações dos parafusos;

  2. O passo seguinte é realizar o selamento dessas chapas. Como elas são sobrepostas sobre as outras, é importante realizar esse processo para que não entre sujeira, principalmente em épocas chuvosas;

  3. Para manter as chapas junto à parede é necessário usar silicone, por ser um material resistência a umidade e por não danificar o material;

  4. Além disso, é importante realizar os marcos, que irão permitir que os trilhos se movam caso seja necessário. É recomendado ainda ser feito em madeira impermeabilizadas por se adaptar bem às mudanças climáticas.

O material retrátil pode ser muito conhecido como cobertura abre e fecha encontrado em diversos materiais, cores e formatos.

Além desses benefícios é possível instalar o produto de forma manual ou automática, assim é possível abrir ou fechar a cobertura por um controle ou pelo próprio celular.

Esse processo é possível com uma solução exclusiva dos tetos retráteis automáticos e motorizados que são um diferencial no mercado de construção civil.

Cobertura de Vidro

Admirar o céu de alguns ambientes como residências, áreas externas ou até mesmo espaços comerciais se protegendo da chuva e do vento é um dos benefícios para quem procura instalar a cobertura de vidro.

Além da possibilidade de ter uma vista bonita, este tipo de cobertura proporciona entrada de luz natural e totalmente visível — ideal para economizar energia elétrica e manter o ambiente iluminado.

Entre os motivos para investir no material de vidro se destacam:

  • Ambiente mais limpo;

  • Mobília protegida;

  • Espaço para lazer em dias de chuva ou frio;

  • Menos barulho por ter isolamento acústico.

Para manter o ambiente em perfeito estado é importante cuidar adequadamente da limpeza desse material, essa etapa pode ser realizada pelo proprietário do local ou por uma equipe de limpeza, dependendo do tamanho da estrutura, com o apoio de um rodo, detergente neutro e água.

Existem diversas formas de calcular a cobertura de vidro preço, podendo levar em conta o tamanho por m2 e o tipo de vidro que pode ser transparente ou com pequenas pigmentações em azul, verde e outras cores.

Pele de Vidro

A pele de vidro é muito mais que um apelo estético, esse produto faz parte da estrutura de uma fachada revestida em vidros, que podem ser transparentes, fumê ou espelhado.

Essas estruturas dão sustentação às paredes de vidro que ficam do lado externo, trazendo elegância para esse tipo de estrutura, assim é possível ter uma visão ampla de dentro pra fora, mas de fora pra dentro não gera nenhum tipo de visibilidade.

A pele de vidro preço é vendida por placas prontas ou m2, mas também pode ser levado em conta a espessura do material. No entanto, apesar do valor ser diferenciado no mercado, vale a pena considerar o custo-benefício da estrutura.