O setor de agricultura e pecuária é um dos principais carros-chefes da economia brasileira.

E, no atual contexto de leve recuperação econômica, ele tem ganhado ainda mais importância: seu crescimento, que foi de 13% ao longo do ano de 2017, foi um dos principais motivos que levaram ao crescimento de 1% no PIB do país.

Isto também representa o melhor desempenho da agropecuária desde 1996.

Quando tempos de bonança como este aparecem, é comum que os produtores rurais pensem em investir em suas propriedades.

Afinal, é dela que vem o seu sustento, assim, quanto mais eficiente ela for, melhor.

Contudo, é preciso levar em conta que realizar uma obra em nestes locais é muito diferente do que construir e reformar dentro do perímetro urbano: há aspectos bastantes distintos a se levar em conta.

Confira, a seguir, algumas dicas para que a sua obra rural seja um sucesso:

Escolher bem o cercamento é fundamental

Terrenos na zona rural são muito mais extensos que os que ficam em uma zona urbana.

Isso significa que cercá-los com o material correto é fundamental: o modelo de cerca escolhido deve ter uma excelente relação custo-benefício, protegendo a propriedade e demandando um investimento que seja exequível para o produtor.

O gradil de ferro reúne ambas as características e, deste modo, costuma ser a melhor opção.

Trata-se de uma espécie de tela metálica, vendida em rolo, que é fixada a postes sustentadores por meio de pontos de solda.

Isso significa que sua instalação é muito simples, o que é sinônimo de baixo custo.

Apesar disso, ele não compromete a segurança da fazenda. Pelo contrário: além de resistente, o gradil é desenhado de modo a dificultar que seja escalado, o que evita invasões.

Segurança é essencial

Para muitos, o campo é sinônimo de tranquilidade, sem o stress causado pela violência urbana.

Entretanto, isso não é mais verdade: como propriedades rurais normalmente conta com animais e equipamentos que valem altas somas de dinheiro, elas também entraram no radar de criminosos.

Por conta disso, é imprescindível pensar em uma estratégia de segurança em toda e qualquer propriedade rural.

Uma medida interessante é investir em um portão eletronico com interfone e câmeras de segurança, com o objetivo de identificar visitantes e barrar terceiros não autorizados já na entrada.

É preciso contar com um banheiro rural

Tendo em vista as grandes extensões de propriedades rurais, é raro que os trabalhadores retornem à casa principal ao longo do dia.

Assim, é importante contar com uma estrutura para que eles descansem e façam suas necessidades ao longo da jornada de trabalho.

Neste último caso, é preciso contar com um banheiro rural. Trata-se de um equipamento semelhante ao banheiro químico usado em eventos.

Que faz um correto armazenamento dos dejetos e evita que eles sejam lançados ao ambiente onde, muitas vezes, são produzidos gêneros alimentícios.

Apesar disso, eles não prejudicam o conforto ou a privacidade.

Sua importância para a higiene é tanta que há uma norma reguladora específica que discorre sobre o seu uso: a NR 31.

Portanto, sua ausência pode causar autuações provenientes do poder público.

Há dois modelos no mercado, adequados para diferentes necessidades. Quando há muitos trabalhadores em um único local, é possível contar com o modelo carreta reboque, que acomoda várias pessoas.

Agora, em locais com poucos empregados, o banheiro estacionário, para apenas uma pessoa, costuma ser suficiente.

A higiene exige cuidados

Por falar em higiene, ela é uma preocupação que deve estar presente em praticamente todas as instalações rurais.

Uma delas é o bebedouro para animais: o recipiente deve ser confeccionado com os materiais apropriados, e limpo periodicamente.

Para tal, é preciso seguir os seguintes procedimentos:

  • Esvaziá-lo por completo;
  • Remover quaisquer objetos em seu interior, como bóias;
  • Realização da limpeza seca, varrendo o interior;
  • Fazer a limpeza úmida, com jatos de água sob pressão;
  • Aplicação de produtos apropriados, nas dosagens indicadas;
  • Deixá-los agir por uma hora.

Vale ressaltar que todo e qualquer produto usado na limpeza do bebedouro deve ter seu uso aprovado pelo Ministério da Agricultura.

Do contrário, pode haver sanções ao proprietário.

Projetos rurais têm especificidades

Normalmente, as regiões rurais têm normas de zoneamento e uso do solo muito específicas.

Portanto, é importante consultar a prefeitura antes de fazer qualquer intervenção no local.

Independentemente disso, é importante tomar cuidados redobrados com as tubulações, principalmente as de esgoto.
Por razões de higiene e saúde públicas, elas não devem estar próximas a fontes de água.

Além destas, tais projetos têm muitas outras especificidades. Portanto, é importante consultar um engenheiro agrônomo e informar-se a respeito antes de qualquer obra.