Quem atua no setor de reforma e construção sabe que, por melhor elaborado que um projeto seja, ele jamais será bem executado sem a presença de um item muito importante: materiais e equipamentos de qualidade.

Isso pois é por meio deles que a equipe realiza o seu trabalho com eficiência, entregando resultados condizentes com as expectativas dos clientes.

Por esse motivo, os investimentos necessários para obtê-los devem estar sempre listados no orçamento de qualquer intervenção.

Apesar disso, nem todos sabem que, no caso de alguns desses itens, eles podem ser úteis tanto na construção de imóveis a partir do zero quanto em reformas e adaptações, que visem adequá-los a um uso específico.

Por conta disso, eles são mercadorias com alta procura neste segmento.

Quer aprender mais a respeito disso? Então continue lendo e confira alguns objetos e materiais que são usados tanto na reforma quanto na construção:

Brocas em geral

Brocas são equipamentos comumente confundidos com furadeiras – afinal de contas, ambos têm a mesma finalidade: criar orifícios em determinada superfície.

Na realidade, ambas são usadas juntas: a broca nada mais é do que o eixo metálico acoplado à furadeira, permitindo que ela desempenhe seu papel do modo correto.

Além disso, é preciso ter em mente que existem diversos modelos de brocas, e que cada um deles têm uma finalidade diferente. Entre os tipos disponíveis no mercado, estão:

Para escolher a melhor, é preciso saber de antemão qual é o material a ser perfurado. Por exemplo: no caso de itens cerâmicos, de pedra ou de concreto, a Widea é o tipo mais apropriado.

No caso deste último material, também há a opção de se usar a de concreto. O orifício gerado pode ser usado tanto para instalar um prego quanto para abrir caminho para uma rede eletrica, entre outras finalidades.

Areia e brita

Apesar de já existirem as chamadas técnicas construtivas “a seco”, que não a utilizam, a argamassa ainda é um dos materiais mais usados por profissionais da engenharia civil.

No caso de construções, ela serve como cola entre tijolos ou blocos estruturais, garantindo que a estrutura será estável e segura.

Já em reformas, sua finalidade principal costuma ser no acabamento, servindo como elemento colante para objetos como pisos e revestimentos para a parede.

Em qualquer caso, é fundamental que a sua composição seja elaborada de modo correto. Independentemente do tipo de argamassa utilizado, isso envolve o uso de areia e brita: esses elementos ajudam o material a assumir sua consistência característica.

Porém, é preciso ter em mente que há diversos tipos de areias disponíveis, e que cada um eles é adequado para determinada finalidade.

A fina, por exemplo, deve ser usada apenas para compor a argamassa que será empregada nos acabamentos internos. Assim, por mais que a areia fina preço esteja muito atrativo, o material jamais deve ser empregado com outros usos.

Outro ingrediente muito importante da argamassa de qualidade é o cimento, pó fino que serve como elemento aglutinador desse material.

Vale ressaltar que, devido ao seu papel fundamental na composição da substância, é fundamental que ele seja de qualidade:

Caso um determinado cimento preço esteja muito abaixo da média do mercado, corre-se o risco de que ele não seja de qualidade, o que, por sua vez, compromete a argamassa, e, em alguns casos, a obra como um todo.

Conduítes

Atualmente, tanto imóveis residenciais quanto comerciais têm que contar com instalações elétricas robustas.

Isso pois há diversos equipamentos usados no cotidiano que dependem desse tipo de energia para se alimentar, desde pequenos eletrodomésticos usados em casas até robustos e complexos equipamentos de linhas de produção industriais.

A boa notícia é que há uma maneira simples de proteger a fiação que compõe a estrutura, evitando danos e as consequentementes panes na distribuição de energia elétrica: os conduítes.

Trata-se de dutos onde os cabos são inseridos, de modo que fiquem protegidos de elementos externos que possam danificá-los

Entre todos os modelos disponíveis no mercado, o conduíte corrugado costuma ser um dos mais procurados. Feito de PVC, ele é resistente à umidade e ao fogo, além de ter um custo muito baixo e uma longa vida útil. Ele é, portanto, uma opção com ótima relação custo-benefício.