O segmento de engenharia civil é bastante importante no que concerne aos projetos de construção, responsável por oferecer técnicas e ferramentas necessárias para a realização de edificações e de outros tipos de estruturas. 

Para o desenvolvimento de projetos em diferentes áreas, é fundamental contar com o trabalho de diferentes profissionais, que contribuem para as mais diversas etapas de um projeto, sendo eles:

  • Engenheiro civil;
  • Engenheiro ambiental;
  • Arquiteto;
  • Mestre de obras;
  • Outros profissionais.

Desse modo, é possível executar projetos e realizar construções de qualidade e seguras, fundamentalmente bem estruturadas, garantindo que sejam edificações permanentes.

É importante conhecer alguns conceitos principais relacionados à construção, tais como os laudos, procedimentos e estudos, que ajudam a entender um pouco sobre as etapas de uma obra.

O que é construção civil?

construção civil é uma parte da engenharia que é responsável pela construção dos mais variados tipos de imóveis, além de estradas e outras obras de uso coletivo.

Assim, é uma das áreas que mais gera empregos, com demanda constante por mão de obra qualificada e por profissionais especializados no setor.

Ao mesmo tempo em que é responsável pela construção de edificações, a construção civil também é responsável pela preservação da natureza, de modo a balancear adequadamente grandes expansões e crescimentos urbanos aliando a conservação dos bens naturais.

Por isso, para a construção de uma obra é necessário obter autorizações, tal como o licenciamento ambiental.

O que é licenciamento ambiental?

A legislação brasileira prevê que a instalação de uma empresa ou a realização de uma atividade potencialmente prejudicial ao meio ambiente deve ser aprovada, sendo necessário solicitar o licenciamento ambiental.

As leis nacionais relativas ao licenciamento ambiental estão sob a responsabilidade dos governos municipal, estadual e federal.

Normalmente, esse processo avaliativo é feito pelo órgão ambiental de um estado, que estuda os impactos que o empreendimento poderá causar ao meio ambiente, tais como:

  • Capacidade de gerar poluentes (esgoto e águas residuais);
  • Capacidade de produzir resíduos sólidos;
  • Emissões atmosféricas de gases prejudiciais;
  • Emissão de ruídos;
  • Risco potencial em suas atividades (explosões ou incêndios).

A licença ambiental cria as condições legais necessárias para que a atividade ou o projeto possam ser realizados, causando o menor impacto possível ao ecossistema regional. Após obter a licença, já possível dar início às obras de implementação de uma empresa.

Acompanhamento de obras

acompanhamento de obras é feito para registrar todos os passos executados em um canteiro de obras, para emissão de um documento exigido pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia).

Um relatório de acompanhamento de obras deve conter informações como:

  • Dono do empreendimento e responsáveis técnicos;
  • Data de início e finalização da obra;
  • Data de cada etapa da construção;
  • Andamento da obra nos dias de fiscalização;
  • Orientações e determinações;
  • Dados das empreiteiras envolvidas;
  • Danos e acidentes ocorridos;
  • Prescrições agrônomas;
  • Interrupções e motivos;
  • Observações do responsável técnico.

Mais do que uma exigência burocrática, o relatório de acompanhamento é fundamental para registrar todo o processo envolvido no período de construção, sendo um documento importante do histórico do imóvel.

Topografia e georreferenciamento

A topografia é o estudo da forma da superfície da Terra e de suas características físicas, que abrange montanhas, vales, etc. Seu objetivo principal é descobrir a latitude e a longitude, o relevo e a elevação da distância acima do nível do mar de vários acidentes geográficos, calculando essas medidas através de pontos.

O georreferenciamento é o processo de atribuição de dados para um local específico em relação ao sistema de coordenadas da Terra.

Em outras palavras, um objeto georreferenciado, seja ele um ponto ou seja uma linha, terá uma localização específica no sistema de coordenadas da Terra, com latitude e longitude. É normalmente usado para representar objetos do mundo real em mapas.

Assim, um levantamento topográfico georreferenciado é feito para mapear, de forma precisa e certeira, um terreno para a execução de obras e construções de maneira adequada.

Esse levantamento permite que outros tipos de estudos sejam feitos em determinada superfície, oferecendo dados importantes para que os profissionais possam determinar as etapas de uma obra, tal como a sondagem a percussão SPT que define as dimensões de uma fundação de acordo com o tipo de solo no local.

A realização de estudos não são processos burocráticos, mas garantem que uma obra seja bem executada e impedem a destruição da natureza.