Após o término da construção, várias dúvidas podem surgir acerca do tipo de pintura que se deve realizar, o uso de acessórios e até quais elementos de proteção e decorativos podem ser usados, assim como a escolha do tipo de piso para sua residência.

Esses detalhes são importantes porque ajudam a agregar segurança ao imóvel, além de tornar o local muito mais agradável e confortável.

De modo geral, esses aspectos podem ser decididos em conjunto com o engenheiro civil, que é responsável pela obra e criação do projeto, alinhado com um arquiteto e design de interiores, que entendem melhor sobre harmonização e ambientação dos espaços.

Neste artigo, você vai conferir dicas importantes sobre a pintura residencial, conferindo detalhes sobre materiais alternativos para decoração e revestimento. Além disso, separamos uma dica de piso especial, assim como de outros acessórios que não podem faltar em sua residência. Não deixe de conferir!

Pintura ou papel de parede

A pintura é um processo importante durante a construção pois representa uma fase de acabamento.

A tinta traz  um aspecto estético para a estrutura, mas também contribui para proteção das paredes. Por isso, seu uso é importante e recomendado durante uma construção.

A escolha da tinta deve levar em consideração a cor, o fabricante e sua credibilidade no mercado. Além disso o local em que essa tinta pode ser aplicada deve ser considerado, já que em alguns pontos existe uma exposição maior à umidade, o que pode afetar a qualidade da aplicação.

Apesar disso, muitas pessoas têm apostado também no uso de papeis de parede para decoração de um espaço, mesclado com a pintura.

O mais interessante é que o papel de parede está disponível em vários modelos, cores e desenhos diferenciados, podendo ser aplicado em partes diferentes da casa, como o papel de parede para sala pequena.

Esse papel pode ser escolhido pelo cliente, auxiliando na decoração e imprimindo também sua personalidade. Em alguns casos, esses papeis também podem ser personalizados.

Como citamos, existem vários tipos de estampas e texturas que os papeis podem ter, mas um tipo que tem conquistado destaque é o papel de parede 3d para sala pequena.

Esse tipo de papel permite uma imagem em três dimensões, agregando também uma ilusão de ótica e detalhes mais precisos ao local, trazendo ainda mais valor ao imóvel.

Qual tipo de cortina escolher?

Além da escolha das pinturas e papeis de parede, outra dúvida que pode surgir é a respeito de um acessório fundamental nas residências: as cortinas.

Existem vários tipos de cortina bastante interessantes, que servem para proteção diante de fatores externos como sol intenso.

Uma das opções é a cortina de rolo para sala. Esse tipo de cortina é bastante utilizado pela versatilidade que oferece, além de possuir uma abertura mais sofisticada e moderna.

Seu uso pode ocorrer tanto na sala, como nos quarto e, até mesmo, em ambientes comerciais.

A utilização do piso laminado

Outro detalhe bastante importante durante uma construção é a definição do tipo de piso. Existem vários tipos disponíveis no mercado, como:

  • Piso de cerâmica;
  • Piso de porcelanato;
  • Piso de granito;
  • Piso de  fibra;
  • Piso de madeira

Já que citamos sobre o uso do piso de madeira, vale a pena ressaltar sobre o piso laminado, que é uma “imitação” do piso de madeira, só que mais resistente a fatores como umidade.

O piso laminado para quarto pode ser aplicado em vários pontos da residência e é formado por diversas placas tanto de madeira MDF, como de outros elementos (como PVC) que ajudam na estrutura e semelhança com um piso de madeira.

Com o quarto piso laminado, o cliente consegue agregar mais sofisticação e qualidade, além de ter um material durável que agrega valor ao seu imóvel.

Outros materiais importantes

Neste artigo falamos sobre o uso de papel de parede e dos pisos, assim como a versatilidade na utilização das cortinas. Mas existem outros materiais que são interessantes e podem ser utilizados em sua residência, como elementos auxiliares e até mesmo acessórios.

Um desses acessórios é o guarda corpo inox e vidro. Na prática, esse item é muito utilizado para conferir mais segurança aos ambientes, como as varandas e escadas, evitando a queda.

Nesse sentido, os materiais escolhidos devem apresentar resistência, além de conferir beleza às estruturas.

Os acessórios compostos por aço inox, por exemplo, são muito utilizados na cozinha pois são altamente resistentes, além de serem duráveis e não enferrujarem. Mais ainda, esse material apresenta uma limpeza fácil, otimizando a rotina.